sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Porque Querem Me Convencer Que Eu Sou Mal


Ligo a Tv e o sangue inunda a sala!
Me roubam a calma, me introjetam medo.
Me roubam e, levam minha esperança e  consciência!
A mídia mente, a mente míngua, o medo reina, o ódio cresce...
O telejornal cara-de-pau, me cospe à cara em total escárnio,
Telenovelas enchem a tela e se desenrolam tal qual novelos,
E enleado vivo enredado,  sempre na rede, tvpc, pctv, Smartphone,
Telefone, telefome, telesede, sempre em rede, faz-se livro, (facebook) para quem não sabe ler,
Milhões de bites,  engessam a mente, e as sementes desse futuro que nunca vem,
São uns sem mente, sempre se mentem, e quem se mete a perscrutar,  ai...
Uai, ti zap, coringas e ases de copa, reinam nas mentes em mil mensagens
Fotos, imagens, memes e post's que nos estragam no instagran, sem grandes coisas.
Pego o jornal me sinto mal pois ele é replica é mesmo cópia do da tv e do pc, tá tudo igual... Tá tudo igual...
Não há saída, estou sofrendo pena de vida, e, me pergunto se vale a pena?
Será que o mundo está ao avesso, ou sou eu que tropeço na ingenuidade de minh'alma pequena?
Nossos heróis vivem todos de overdose, adoentados, gananciosos e vitimados pelos poderes que aglutinaram.
Os super homens que prometeram nos proteger, já não conseguem se proteger e são caçados por ratos, como gatos medrosos...
Mesmo o cinema é um anátema que minha antena desconfiada capta com desconfiança e teme a desconstrução...
Trazem a lume o anti heroísmo,  como uma nova religião.
Bandidos e delinquentes, mentes doentes seres bizarros, cheios de psicopatias... Fazem a doutrina que mata a rima e abortam toda a poesia...
Quanto mais sombrio,  mórbido e silencioso tanto melhor, mais faz sucesso e encontram aceitação o anti heroísmo está na pauta dominando o cinema, livros revistas o radio e a televisão.
Não sei se eu que fiquei louco, ou foi o mundo mesmo, que se esfacelou...
De tão pequeno e insignificante eu vivo em crise aqui comigo, ou com o que de mim sobrou...
Vozes me falam que esse tempo é o melhor que o homem já construiu... Democracia, tecnologia,  verborragia sempre vibrante em tom febril... E tudo isso é angustiante e mais doloroso se, se vive no Brasil...
Pois nesse país, pátria madrasta hostil... Nossos heróis presidiários, bandidos livres e despudorados vão dirigindo nossa nação...
Arbitrariamente invertem tudo é um absurdo difícil de aceitar,
Bandidos de trajetória fazendo história executiva, judiciária, parlamentar, para o povo lamentar...
Onde chegamos? Se é pesadelo, alguém me chama, preciso despertar!
Tá tudo errado ou estou errado e ta tudo certo, nesse imenso lamaçal?
Pois todas as vozes dizem, que ser "bom cidadão" é coisa de otário e afinal, salve-se quem puder... É cada um por si, pois os deuses estão de greve, nesse império do caos.
E os meus algozes, em um milhão de vozes querendo me convencer que eu sou mal...
O que fazer, não sei dizer, mas pra me exprimir eu quero repetir com toda certeza o que já disse o "Maluco Beleza".... "Pare o mundo que eu quero descer!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário