quarta-feira, 8 de junho de 2011

Somos Goiás

Somos Gê
Somos Gente
Fruto e semente desse chão gerais

O sangue e o fogo
No brilho do olho
Do negro fugídio e do capataz

Somos o encontro do velho e o novo
Gerando esse povo  mestiço de cá
Vila Boa de Anhanguera
Em passos bandeiras
Ao som do trotar

Estradas dos Guayazes
Onde o diabo velho com sua astúcia principia e faz
Sobre um rio inteiro se vê Meiaponte
Pra ser muito mais

Sertanias goianas onde sonho e suor
Se misturam na terra
Batendo batéia, nutrindo quiméras, parindo arraiais
Onde o Rio Vermelho e a Serra Dourada
Escondem tesouros
Que em lombo de tropas e carros de boi
Mundo a fora se vão atiçando a cobiça e
Levando noticias do nosso sertão

Nós somos jagunçada senhores de fazendas
Meeiros e  agregados sobre o mesmo chão
Somos o encontro do santo e o profano
Gerando no peito mil contradições

Nós somos tudo isso
Meio índio e mestiço
Com tudo que  ao passo do tempo se faz
Coração brasileiro somos o encanto
Que o mundo inteiro conhece e quer mais

Somos Canção sagrada
Vióla boiada catira caçada
Pequi cavalhadas...
Nós somos Goiás.

Somos canção sagrada
Boiadeiro na estrada
Romaria folia e
A terra tombada...
Nós somos Goiás

Nós somos Goiás
Nós somos Goiás
Nós somos Goiás
Nós somos Goiás
Nós somos Goiás